Depoimentos

Nesses três anos de Travessa da Imagem a nossa maior conquista foram as pessoas que passaram pela escola. Hoje a família Travessa da Imagem só existe graças a vocês!

O carinho e amor dos alunos pela Travessa nos é demostrado diariamente, seja nas conversas pelo Café 3×4, seja por depoimentos e agradecimentos que recebemos constantemente em nosso email, seja ele verbal, escrito ou fotográfico. Queremos compartilhar com vocês todo esse amor que está sempre presente entre as paredes da Travessa:

david colaco

 

“Travessa da imagem é mais que uma escola é uma família. Lá, não só aprendi muito sobre fotografia, como fiz grandes amizades. Travessa da imagem é simplesmente fantástica, só frequentando para entender o que se passa por esse lugar” – David Colaço Campos

 

 

luciano cunha

 

“A Travessa é um local bastante acolhedor e com uma energia muito boa. Só tem fera na equipe e o Markos é um cara foda! Respira fotografia e passa toda essa paixão nas aulas, o que nos estimula mais ainda a aprender, clicar e olhar o mundo de uma outra forma. Além disso escutam sugestões de cursos e são bem abertos para parcerias. Sou um grande fã!” – Luciano Cunha

 

jorge barata “Quando me matriculei no curso de Iniciação em Fotografia, na Travessa da Imagem, meu intuito era de aprender a mexer na minha câmera, somente. Minha fantástica experiência começou ao entrar na escola. Senti um alto astral e uma força positiva muito grande, que me deixava em paz de espírito. Para minha surpresa, a primeira aula, ministrada por Markinhos, foi um espetáculo à parte. Um bombardeio de cultura da arte visual. Me senti uma criança aprendendo a andar. Não têm explicação! Markinhos sabe envolver o aluno/espectador ao falar sobre a arte de fotografar. Uma frase, de Robert Heinecken, que Markos sempre falava em sala de aula, e nunca esquecerei é: “Há uma grande diferença entre tirar uma foto e fazer uma fotografia.” Isso mudou meu modo de ver as coisas, antes de capturá-las. Desde que fiz o curso, não parei mais de fazer fotografia. Continuo estudando e aprendendo sobre esta arte maravilhosa! Quero agradecer ao Markos Montenegro e aos demais professores/profissionais, como Igor Grazianno, Júlio Caesar, Maurício Magalhães, Camilla Revuelta e toda trupe, que fazem da Travessa da Imagem uma das melhores escolas de fotografia do Ceará, senão do Brasil, e uma casa de Amigos.” – Jorge Barata

 

“Desde pequenininha eu gosto de fotografia. Quando olhei pela a “janelinha” e apertei o botão e escutei “click zuuuuuummm” aquilo pra mim foi incrível, me trouxe uma alegria que circo algum me proporcionou a vida toda.priscila smith
Eu deveria ter meus 8 a 10 anos e comecei a fazer as fotos de toda a família. Chegando a digital, qualquer pessoa conseguia bater as fotos e eu já não era mais tão requisitada na minha família, e fui me perdendo junto com os negativos. Quando fui vencedora do 1° concurso fotográfico da Travessa da Imagem fiquei encantada ao ver naquele cafofo tão acolhedor, e tão jeitoso quanto a casa da minha avó, a minha mesma linguagem, aquela que nunca fui muito boa em falar, e preferia assim, ver pela “janelinha”.Ver aquele cara pequeno-grande falando tanta coisa valiosa, me fazendo sentir como a primeira vez que escutei um click, e esperava o próximo sábado com a mesma ansiedade que esperava os sábados em que minha tia ia revelar os filmes. Os fotos-passeios, as voltas pelo centro, tudo era lindo. Ver que meu professor conseguia entender o que eu nunca consegui falar pra ninguém, nem mesmo pra ele, mas ele olhava e entendia. Ele sempre deixava tudo tão claro, tudo era muito óbvio e as coisas faziam mais sentindo ainda. A Travessa da
Imagem não só abriu várias portas, como também me fez despertar uma coisa que tentei enterrar varias vezes. Acho que alí foi quando eu comecei a fazer
fotografia, ou pelo menos entender a diferença entre tal.” – Priscila Smith

 

alana brandao“A Travessa da Imagem é uma escola muito boa, professores muito bons e seres humanos maravilhosos. Desde o dia que eu me perdi e liguei para a Travessa umas 4 vezes umas 9hrs da noite tentando chegar na escola para fazer minha inscrição até o meu último dia de aula lá, foi tudo lindo.Vocês foram sempre muito atenciosos durantes as aulas e fora delas. O espaço é ótimo, o clima também.. a receptividade de vocês é linda! :]Os cursos maravilhosos, os eventos, as exposições.. tudo! Não consigo lembrar de nenhuma crítica negativa. Não só dentro, como fora da escola. O Júlio Caesar me emprestou o flash dele quando quis fotografar meus primeiros aniversários e ainda não tinha flash, sempre muito atencioso me dando dicas pelo facebook.O tratamento sempre foi tão bom comigo que, no mês passado, quando meu primo que faz arquitetura me procurou pra dar dicar sobre como projetar um estúdio de fotografia, eu não titubeei em convidá-lo a conhecer a Travessa. E, chegando lá, o Maurício foi super atencioso conosco, nos mostrou a sala em que guarda os equipamentos, disse quais a ideias principais no estúdio.. tudo que perguntamos.Enfim, a Travessa só me traz lembranças boas e espero que continue a trazer, pois pretendo ainda fazer alguns váriooos cursos!! :].” – Alana Brandão

jone marques

 

“Escola maravilhosa, recomendo a todos que queiram desenvolver o seu lado artístico, não só na fotografia. Um ambiente maravilhoso com muita energia positiva e gente maravilhosa. Valeu Travessa da Imagem!”  – Jones Marques

 

 

luciana castro
“Você conhece alguém realmente apaixonado pelo que faz? Mas eu to falando de paixão meeesmo… aquelas de que só a menção do assunto faz brilhar os olhos? Tive o prazer de conhecer uma pessoa assim. O professor mais astral de fotografia, o Markos Montenegro! Cara, valeu pela contaminação do vírus da fotografia desde aquele dia láááá num workshop despretensioso, pelo convite de conhecer a sua escola e fazer parte dessa galera MASSA que você escolhe muito bem para completar a sua equipe: Igor, Maurício, Camilla, Mario, Julio, só feras. VOCÊS SÃO SHOW! Até os próximos clicks, se Deus quiser!” – Luciana Castro

 

luciana diogo

 

“Professor Markos Montenegro, o que aprendi com você vai ficar pra vida toda. Valeu demaaaaaais!Levarei comigo o maior de todos os ensinamentos que, talvez você nem saiba, mas foi o fato de liberar meus sentimentos através da paralisação do instante que vejo! Mais do que “pintar com a luz”, descobri a minha mais sincera forma de expressão. Muito obrigada.”  Luciana Diogo

 

celso mizerani“A Travessa da Imagem é o lugar perfeito para quem ama a arte de escrever com a luz. Com conteúdos sempre atuais e cuidadosamente preparados, os cursos livres, workshops e palestras da Travessa ensinam muito mais que simplesmente fotografar, ensinam a pensar fotografia como arte contemporânea. Na Galeria Pinhole sempre tem um exposição fotográfica bacana. Os professores e todos que fazem a Travessa estão sempre dispostos e preparados para transmitir conhecimento de alto nível. Sem falar na biblioteca da Travessa, com centenas de livros à disposição para livre leitura. O ambiente é o melhor possível e não importa se você é novo na fotografia ou não, todos são sempre muito bem recebidos. A Travessa é a melhor escola de fotografia. A Travessa é multimídia. A Travessa é Phooootoo! Aloha!”  – Celso Mizerani

 


“Queridos ‘travessianos’ rs! Gostaria de agradecer imensamente a atenção de vocês a todo o momento durante o curso de iniciação. As aulas foram sensacionais e eu verdadeiramente aprendi bastante. Valeu muito o investimento! A Travessa é uma escola de verdade onde todo e qualquer conhecimento é repassado sem dó! rs. Obrigada por tudo! Privilégio o meu conhecer essa escola! Nos encontraremos por aí. Pretendo fazer o Curso de Aperfeiçoamento em breve. Abraço!” – Cátia Portuense

 

 

“Há lugares que inspiram arte em tudo, em cada detalhe, assim é a Travessa da Imagem, como num pequeno laboratório, você descobre as mais valiosas dicas de como se apaixonar cada vez mais pela fotografia. Eu indico!!!” – Antonio Fernandes

 


Estou escrevendo para agradecer a cada um de vocês pela amizade, pelo apoio e pelos conhecimentos transmitidos ao longo do curso de fotografia avançada, realizado no primeiro semestre desse ano na Travessa da Imagem.
O curso foi um verdadeiro reencontro com a fotografia! Passei um bom período sem fotografar, na verdade alguns bons anos, e hoje vejo o quanto de mim clamava por essa reaproximação.
Fiz grandes amigos e bons contatos ao longo do curso, aprendi bastante com nossos encontros e expandi, um pouco mais, meu pequeno universo fotográfico.
Não cogito viver exclusivamente da fotografia; mas, com o curso, vislumbrei várias possibilidades de conciliação do trabalho que realizo com essa arte que me dá tanto prazer.
Também nunca havia inscrito nenhum projeto pra qualquer edital ou concurso fotográfico. Mas, ao longo do Curso da Travessa, fui ensinado a valorizar meu olhar e me estimulei pra encarar o desafio. Resultado: tive dois projetos de fotografia aprovados nos dois maiores Editais da Secretaria de Cultura (SECULT) do Estado (Edital Mecenas e o primeiro lugar no Prêmio Chico Albuquerque de Fotografia do Edital de Incentivo às Artes).
Por fim, ao longo do curso aprendi que é possível inovar e fazer um estilo de fotografia completamente diferente do que eu estava acostumado a realizar. Sempre curti mais a fotografia documental, antropológica, etnográfica, mas pra realização do ensaio de conclusão do curso, me senti estimulado e provocado ao máximo e resolvi fazer algo diferente. Fiquei muito feliz e surpreso com o resultado final!
Enfim… com tudo isso, quero reforçar minha admiração e gratidão a vocês por terem contribuído pra tudo de bom que a fotografia pode me trazer durante esse semestre. Mais uma vez meu muito obrigado, um grande e forte abraço. George Sampaio

Pensou em Cursos de Fotografia em Fortaleza, pensou Travessa da Imagem